quarta-feira, outubro 18, 2006

Desalento


Se eu ainda podia sentir uma réstia de esperança dentro de mim, hoje desapareceu por completo ao visitar o blog da Cláudia... Foi com grande choque que li que tinha perdido os bebés. Não conheço a Cláudia, de facto nem sei sequer se ela conhece o meu blog. O que sei é que desde que iniciei esta dura caminhada da infertilidade, comecei a frequentar o blog da Cláudia e acompanhei o seu tratamento e a sua gravidez, que me encheu de esperança. Alguém que conseguia vencer este nosso inimigo! Depois continuei a acompanhá-la, alegrando-me quando soube que ia ter gémeos e feliz porque a gravidez corria bem. E agora isto? Onde está a justiça disto? Quem é que permite que uma mulher se torne mãe e depois impede-a de ser, com uma facilidade incrível?Faz-me pensar que provavelmente estamos sozinhos no mundo, porque se existisse um deus, ele não nos deixaria sofrer assim...

3 comentários:

Norita disse...

Realmente os ultimos acontecimentos não têm sido fáceis de superar, tem sido muitas perdas e perdas injustas, crueis que nunca deveriam de acontecer a alguém que tanto sofreu para conseguir alcançar o seu sonho. Mas tens que ter fé e esperança, tentar conseguir ultrapassar isto e acreditar que um dia todas vamos conseguir.
Beijinhos grandes e força

Tiquinha disse...

Não se compreende naõ, a injustiça é grande de mais....
Assim como a claudia vai ter forças para voltar a luta, tu não podes desanimar na tua...Força e nada de desanimar

viviana disse...

amiga nesta vida acontece tanta coisa sem explicaçao!
ela é uma mulher forte e concerteza vai há luta!
pois quem sabe a sua missão na terra nºao era passar mesmo por tudo isto para ser o vosso apoio en tudo?
ru tenho a minha fé que isto em breve será tudo ultrapassado!
e ela terá seus desejos concretizados e voçes os vossos!
jokas fofas