terça-feira, janeiro 30, 2007

Mudança


Os tempos que se avizinham são de mudança. Tenho pensado muito nestes dias sobre este "problema" que me afecta a mim e ao meu mais que tudo. Problema que nós ainda não sabemos se é problema; talvez ele só exista nas nossas cabeças. Porque é que digo isto? Soube ontem que uma colega minha estava grávida e ela disse-me que já há dois anos que andava a tentar e só agora conseguira e conseguiu-o naturalmente. E isto fez-me pensar se não estaremos a pôr "a carroça à frente dos bois" ao precipitarmo-nos em consultas, médicos e futuros tratamentos que nos dão cabo da alma, do corpo e sejamos sinceros, da carteira. Vou tentar pensar nesta impossibilidade de ter filhos como uma coisa natural,que se resolverá e não como uma deficiência. Se não engravidar naturalmente, vou tentar com um tratamento, mais nada e se não conseguir, adoptamos uma criança. Mãe é quem cria, não é só quem concebe.
Parabéns, minha querida V., vais ser uma excelente mãe!

3 comentários:

Anónimo disse...

OLÁ

Acho que nunca comentei o teu blog, apesar de vir cá regularmente.
Estou na mesma situação, em que está complicado uma gravidez espontãnea. Já fizemos uma microinjecção com 2 embriões, e não resultou.
Isto para te dizer, que não podemos e foi essa conclusão que cheguei, viver em função disso, não conseguimos, paciência!!
Fizemos de tudo para correr bem.
É seguir em frente, sinceramente passar por tudo outra vez, é complicado.
Também vou dar entrada dos papeis na adopção, e vamos ver o que vai dar. Serão tão bem vindos como se fossem meus filhos, sim porque estou a pensar em 2 irmãos.
Se fores por essa hipotese, fazes muito bem.
Um beijo
Isa

Anónimo disse...

Acho uma óptima ideia, o pior que nos pode acontecer é viver em função de algo que não temos, impossibilita que usufruamos daquilo que temos, no entanto a esperança continua não é? beijinho e boa sorte

Tiquinha disse...

A mudança é boa.... as vezes há que arrumar a nossa cabeça, arrumar as duvidas, establecer etapas.....
Só tu é que podes entender o que o teu coraçãozinho quer... Para te apoiar nas tuas decisões, cá estaremos sempre...
beijocas
tica