sexta-feira, setembro 07, 2007

Tomada de consciência

Hoje trouxe para a escola umas revistas sobre bebés para dar às minhas colegas que estão grávidas. Algumas dessas revistas foram-me dadas pela minha cunhada, depois de ter tido os meus dois sobrinhos, outras comprei eu ao longo destes três anos de espera, nas poucas vezes que acreditava estar grávida. Hoje de noite acordei e veio-me esta ideia à cabeça, dar as revistas seria uma forma de me desligar pouco a pouco da ideia de ser mãe biológica... É um pensamento frio, eu sei, muito distante dos pensamentos esperançosos e aconchegantes que muitas de vós têm e que pretendem transmitir. Nunca fui pessoa de me iludir muito, mas quando fiz este tratamento acreditava piamente que iria dar certo, até me imaginava a abrir a carta com o valor da beta e a ler um valor concreto e positivo. Depois, tudo ruiu, nem a análise cheguei a fazer e a decepção foi enorme e devastadora. Sou uma pessoa sincera, mas consigo ao mesmo tempo esconder os meus sentimentos de forma quase exemplar. Poucas são as pessoas que sabem que por dentro estou feita em pedaços e aos poucos tento remendar os estragos. Por isso, agora acabaram-se as ilusões, os sonhos, os desejos. Mesmo com as hipóteses que nos restam, com os embriões congelados, não vou fazer planos, por essa razão não sei quando os vou utilizar. Não estou preparada para sofrer. Fazer outro tratamento está fora de questão, este deitou-me abaixo por completo, tenho medo do que possa acontecer se fizer outro. Já sofri vários desgostos na vida, contudo, nunca um como este que me fere todos os dias. Não me posso permitir sofrer mais. Chega.

10 comentários:

Camy disse...

Olá, eu também tinha imensas revistas que me foram dadas e outras que comprei. O ano passado fiz exactamente como tu, e a ansiedade e o pensamente constante de ter um filho desapareceu até ao dia que soubemos da nossa infertilidade.
Espero essa atitude te ajude a juntar os pedaços que estão dentro de ti.

Um beijo

Camy

BlueStar disse...

Foi uma grande desilusão, um grande desgosto. E ainda é muito recente, ainda está muito vivo.
Os teus congeladitos esperam q te recomponhas, e não vai demorar muito.

Força

Bjs

TC disse...

Respeito e compreendo.
Faz o luto dessa dor, junta os cacos e cola-os bem.
Se voltares a querer ter perspectivas de ser mãe biológica, tal virá naturalmente à tona em ti.
Muita força e o meu carinho.

Bem Me Queres disse...

Minha querida, tal como tu, acabei de sofrer mais uma desilusão com um resultado negativo. Cada derrota é uma desilusão avassaladora. Ainda assim, e apesar de toda a dor associada, encontrarás força para nova tentativa. O importante é arrumarmos as ideias e só voltarmos a tentar qd sentirmos que chegou o momento. Vais ver que esse momento vai chegar tb para ti. Agora é tempo de recuperar...
beijinhos doces e mta, mta força

kitty disse...

Com o tempo acredito que vais reunir forças para voltar a tentar, amiga!

Visita as três meninas gémeas:
http://astresmeninasgemeas.blogspot.com/

Bom domingo
Beijinho

Maria disse...

Minha linda

Antes de ter o meu filho, qd resolvi engravidar, tb tinha muitas revistas dessas, uma agenda da gravida e até uma chucha. Um dia, depois de ter falhado mais um ttt, agarei em tudo e ofereci a uma amiga que estava gravida. E nunca me arrependi, depois comprei tudo de novo qd precisei.

Beijocas e boa semana

Maria Pereira

Mara disse...

Digo-te a ti, amiga o que disse á Paula:
"Nunca te é concedido um desejo, sem que te seja concedida também a facilidade de torná-lo realidade.
Entretanto é possível que tenhas de lutar por ele..."

Muita, muita força. Sorri porque mais triste do que um sorriso triste é a tristeza de não conseguir sorrir!
Um bjs grande.

Paula Santos disse...

Neste momento , sinto um pouco como tu , sem forças para continuar esta luta, mas lá no fundo sinto que vais conseguir dar a volta por cima e vais voltar á luta cheia de força e energia.
Boa sorte amiga.

IC disse...

Por vezes uma pausa para tomar fôlego, é uma grande ajuda, descansa e reflecte, mas não deixes que o desespero te vença. Beijinhos e animo.

Nykita disse...

olá,ao ler a tua história indentifiquei-me muito contigo já passei por 3 negativos e tb pensei k ñ ia recuperar as minhas forças para vltar á luta mas a pouco e pouco a vontade de sermos mãmãs cresce dentro de nós e renasce-nos sempre um pouquito mais de esperanças para continar a lutar ...
esta é a minha frase preferida e deixo-te-a aki para ti:
ENQUANTO HOUVER VONTADE DE LUTAR,HAVERÁ ESPERANÇA DE VENCER!!!

BEIJITOS XEIOS DE CARINHOS E UM XI MTO APERTADO